ENTREVISTA 1

 

O IADH busca tornar conhecidos os trabalhos ou estudos desenvolvidos que tenham por base filosofias espiritualistas.

            Nessa primeira entrevista, gostaríamos que você conhecesse um pouco do grupo que está a frente do nosso Instituto, suas metas e aspirações.

 

    

Entrevistador – Qual a filosofia do grupo que participa do IADH?

IADH – O aproveitamento das oportunidades de evolução que essa passagem terrena nos oferece, trabalhando pela paz, buscando o desenvolvimento moral e intelectual, o que implica num constante vigiar de nossos pensamentos e ações. 

 

Entrevistador – De que maneira acontece essa busca? 

IADH – Procurando viver sem carências morais, emocionais e até mesmo materiais, sem se afastar do caminho do aprendizado constante, conseguindo, assim, a desejada elevação espiritual. Gostaríamos de afirmar que essa busca não pode ser solitária. Devemos sempre lembrar dos nossos irmãos de jornada, criando oportunidades para o desenvolvimento de todos. 

 

Entrevistador – Quais são seus principais modelos evolutivos?

IADH – Os grandes avatares. Os grandes mestres da humanidade que, em sua maioria, já são conhecidos de todos, e que você poderá encontrar nesse nosso site. Entretanto, não raro, temos oportunidade de aprender com humildes irmãos que, quase anônimos, passam por nossas vidas, nos deixando exemplos de dignidade, de sabedoria, que provocam mudanças significativas em nossa experiência terrena. 

 

Entrevistador – Fale um pouco da sua experiência, do seu trabalho e de que forma as pessoas podem utilizar essa experiência?    

IADH – Os fundadores do IADH foram em sua maioria católicos que, com o passar do tempo, aderiram ao espiritismo. Hoje, dentro da filosofia holística que consagra o IADH, podem ser considerados espiritualistas universalistas que, sem nenhum preconceito, procuram conhecer todas as correntes de pensamento que se preocupam com o aprimoramento humano em suas diferentes perspectivas. 

 

Entrevistador – Como vocês definem o papel do homem no orbe terrestre?

IADH – De aprendizado constante, de assistência ao próximo, de preservação de todas as formas de vida e de buscar, constantemente, todas as formas de evolução. 

 

Entrevistador – Quais as principais dificuldades que vocês percebem no desenvolvimento do ser humano?

IADH – A extrema importância dada às coisas materiais. A busca do prazer em lugar da felicidade. O egoísmo e a falta de amor ao próximo. 

 

Entrevistador – Como vocês percebem o desenvolvimento da humanidade?    

IADH – A humanidade caminha lentamente, de forma heterogênea, em direção ao seu pleno desenvolvimento espiritual. Mas acreditamos que, graças à coordenação universal, exercida por nossos irmãos superiores em nosso plano, alcançaremos nossos objetivos de evolução.                                                                       

 

Entrevistador – O que vocês pensam de Deus e qual o papel das religiões?

IADH – Sabemos que Deus é a origem de tudo. Sabemos que Deus é o nosso destino final. Então, com certeza, Deus é o nosso caminho. Cabe às religiões auxiliar o homem conhecer e trilhar esse caminho.

 

 

 

 

   VOLTAR